Latinhas do Bob
  

Grape Cool (Brasil, 250ml)

Estava eu trabalhando tranqüilamente (se é que se pode dizer isso da uma hora que antecede um fechamento) quando o Armando, aquele que da terra da Lecker (repare que eu não disse que ele aprecia essa cerveja, sobre a qual, aliás, falarei no futuro). Estava ele no final do expediente, também, quando se encontrou com o representante da bebida aí de cima, o Grapecool. Depois de elogiar este humilde blog para o cara, Armando me colocou para falar com ele. Conversa vai, conversa vem, acabei pegando o endereço de venda, ali em Perdizes, e fim de papo.

No dia seguinte, fui lá. Apesar de poder pedir uma latinha de graça após a conversa com o cara da empresa, decidi manter a isenção e a metodologia científica. Sem me identificar e munido de uma câmera escondida (a parte da câmera é brincadeira, pois não revelaria nada além da minha patética corrida atrás de latinhas bizarras), fui lá e comprei um Grapecool. Despesa: R$ 2,90.

Depois de deixá-lo na geladeira, resolvi provar. O problema desse "boom" de sucos e uva com vinho, gás e, eventualmente, cerveja, é que são todos iguais. Esse, pelo menos, tem uma vantagem: não fede como o Cantina da Serra (leia bem lá embaixo) nem é misturado com cerveja como os da Lecker. Entre esses que eu citei, é o melhorzinho. Para não parecer que estou rasgando seda, na comparação, o Grapecool seria o campeão da Terceira Divisão, ou algo do gênero.

Mas a parte bizarra da história não envolve o gosto da bebida. O que eu não sabia era que o Armando tinha conseguido uma latinha do cara da empresa, e deixado no serviço. Logo, eu não precisaria ter desembolsado R$ 2,90 por essa bagaça. O que é a falta de comunicação, hein? Ainda mais para um jornalista. Resolvi buscar também a segunda latinha. E a Glorinha, que trabalha com o Armando, ainda quis me sacanear, dizendo que custaria R$ 20, ou o preço de uma Duvel belga. "Ah, tá, pode deixar que eu vou ali sacar o dinheiro e já volto", disse eu, solícito, com a lata no bolso. E dá-lhe mais uma rodada de Grapecool.

Cotação: que nota dar para o melhor time da Terceirona? Sei lá. Mas, de um a cinco, três e meio para o esquema de distribuição dos caras. Já vi essa latinha em muitos mercados e padarias chiques. 

PS: Acho que esse post não ficou muito engraçado. E olha que eu o escrevi tomando uma Eisenbahn Dunkel. Espero não me inspirar só à base de porcarias...



Escrito por Bob às 13h08
[] [envie esta mensagem]


 
  

Primus (Brasil, 350ml)

Ahhh! Nada como uns dias sem escrever sobre latinhas de cerveja para poder me dedicar a ficar apenas tomando latinhas de cerveja. Mas estamos de volta à vaca fria, ou melhor, à cerveja ruim. Pensando nisso, escolhi a Primus para este primeiro post de 2006 por conta de um episódio que ocorreu na folga de réveillon. Motivados pelo teste cego que elegeu a Heineken a melhor entre dez cervejas (se quiser, leia aí mais embaixo), resolvemos - a galera que foi para uma casa de praia no Guarujá e eu - fazer uma degustação de cerveja. Para tanto, porém, resolvemos fazer algumas modificações na disputa:

1) Não colocar na lista de participantes apenas cervejas consagradas, dando chance a alguns "patinhos feios" que poderiam surpreender. (Balela: no mercadinho perto da casa não tinha nem sinal de cervejas como Stella Artois e afins. Além disso, pela piada, compramos cervejas de gosto duvidoso, como Bavaria e Nova Schin).

2) Não deixar as cervejas no ponto exato de congelamento, para confundir os sabores. (Cascata: elas ficaram na geladeira, mas sei lá por que catso não estavam bem geladas).

3) Para tornar a degustação mais competitiva, foram servidas antes da prova diversas batidas de frutas e outras latas de cerveja. (Nesse caso, não me atrevo a usar nem "balela" nem "cascata", já que tais termos seriam demasiado fracos para darem a dimensão de uma baita desculpa esfarrapada para tomar todas).

Foram servidas Antarctica, Bavaria, Nova Schin, Brahma e essa uma aí da foto, a Primus. A Heineken até ia participar, mas acabou desclassificada porque queimou a largada e foi bebida antes da hora. No fim, participaram da prova eu e a Dani. Tentei me concentrar ao máximo e usar todos os conhecimentos de cerveja que havia aprendido em um livro que ganhei de Natal da Gi: peguei cada copo, olhei a coloração da cerveja, agitei o conteúdo para realçar o "buquê", dei um gole, bochechei o conteúdo, deixei ele passar pela língua e tomei. Chique. O resultado não podia ser outro.

Foi um fracasso retumbante: só acertei uma cerveja, e advinhe qual? Justamente a Primus, a mais fedida e com gosto mais estranho entre as concorrentes. Mas, graças a ela, ganhei acertando uma em cinco. E foi no chute, porque a Nova Schin tem características bem semelhantes. Em termos futebolísticos, foi como um jogo de várzea de quinta divisão, em que o placar foi um a zero porque a bola bateu em um buraco no campo, em um cachorro que comia grama perto do gol e entrou. Tosco!

Cotação: de um a cinco, menos 10. Mas não sou ingrato e bebi a Primus até o fim. Vestir a camisa é isso aí. Melhor, só uma paulistinha no joelho. O público, convidado a confraternizar e tomar as cervejas participantes, prudentemente, fez cara de paisagem. 



Escrito por Bob às 15h18
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Coleções e miniaturas, Política


HISTÓRICO
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005



OUTROS SITES
 Associação dos Cervejeiros Artesanais Cariocas - AcervaCarioca
 Associação de Incentivo à Cultura de Cervejas Artesanais e Especiais - AICCA
 Botto Bier
 Cerveja Fraga
 Bytes and Beer
 Cerveja Só
 Dana Bier
 Edu Passarelli Recomenda
 Hummmm, Cerveja!!!!!
 Obiercevando
 Olavo Pascucci (atenção: linguagem assaz obscena)