Latinhas do Bob
  

Bucanero Fuerte (CUB, 355ml)

Falarei sobre essa cerva cubana mais tarde, assim que o elemento Guedes se dignar a enviar suas impressões sobre ela, já que fez o favor de tomar a lata cheia que trouxe para este humilde blog...



Escrito por Bob às 02h59
[] [envie esta mensagem]


 
  

Guaraná Brahma (BRA, 300ml)

Achei essa tradicional garrafinha do Guaraná Brahma outro dia, quando tinha saído de casa para comprar esfihas. Aparentemente, o dono de uma garagem na rua havia decidido reformar o local e, além do entulho e madeiras podres, jogou fora uma caixa de plástico cinza da Antarctica cheia de garrafas, entre elas a do Guaraná Antarctica Verde e outras de Fanta Laranja. Resgatei essa aqui apenas, porque é mais rara, mas confesso: fiquei com pena das outras.

Ok, é ridículo e absurdo ter dó do destino de objetos inanimados (e o destino das garrafas certamente não será a reciclagem, o que, na minha lógica, seria a "reencarnação" delas). Mas não consigo evitar. Acho que foi por causa de um livro que li na infância: a história era a de um pivete mala que deixava a bicicleta, a bola e a pipa ao relento à noite, depois de brincar com elas. Como é bem comum nesses livros de criança, os brinquedos ganhavam vida e, claro, sofriam e choravam por serem esquecidos. Santo trauma, Batman! O que deveria ser uma lição do tipo: "Tome conta direitinho do que você tem, mas, quando ficar velho, meta-lhe o pé nos fundilhos e compre um novo", ou alguma lição capitalista do gênero, acabou virando uma sensação de que as coisas têm vida e não devem ser deixadas de lado depois de um tempo.

Acho que isso tem a ver com o fato de eu colecionar latinhas, rótulos e tampinhas, mas só os que eu bebi ou ganhei de presente. Além do valor sentimental das coisas, por menores que sejam, cada item da coleção me remete a uma memória diferente, a uma época diferente, que, ô discurso piegas, não volta mais. A garrafa de guaraná me traz lembranças da infância, como o fato de eu ter dó de amassar as latinhas depois de tomar (rs). Curiosamente, porém, só tenho itens na minha coleção a partir da adolescência: quando vejo no Canal Brasil filmes com aqueles refris em lata de ferro e garrafas com rótulos de papel me pergunto por que diabos não guardei nenhum.

Enfim, não querer me desfazer das coisas é mais um dos meus hábitos esquisitos. Já fui "diagnosticado" como tendo "síndrome de ferret" (eu tive um, aliás, o Puck). Mas tem lá suas justificativas. Talvez a principal delas é ver, com tristeza, que a lógica do "pé nos fundilhos" das coisas velhas é aplicada, também, com as pessoas...

Cotação: de um a cinco, cinquenta e duas visitas ao analista para deixar de ser treze. Pena que eu não coloco fé em terapia (hehehe). Quatro para o guaraná. E quatro para a Maria, que se antecipou novamente, mas dessa vez mandou bem: a garrafa estava cinza, irreconhecível, de tanta poeira e teias de aranha. Guardei ela em um saquinho. Quando cheguei em casa, lá estava a distinta, na prateleira, limpinha da silva. Ponto para ela. 

Som do post: "Brothers in Arms", Dire Straits.

Link: http://app.radio.musica.uol.com.br/radiouol/linklista.php?nomeplaylist=001148-4<@>Brothers_in_Arms&opcao=umcd



Escrito por Bob às 02h38
[] [envie esta mensagem]


 
  

Fanta Uva (BRA, 350ml) e Guaraná Jesus (BRA, 350ml)

Apesar de as eleições ainda não terem começado, resolvi postar essas latinhas como direito de resposta após ter sido vítima de "calúnia, injúria de difamação" gustativa na sexta-feira. Depois de algum tempo discorrendo sobre o blog, cervejas e outras bebidas no trabalho (já deve ter virado um papo muito chato, admito), passei a ser associado ao termo "conhecedor de cervejas". Pois não é que, durante a salutar pizza de sexta-feira (que, apesar da ironia, está OK hoje, considerando que há alguns meses tivemos surpresas culinárias como os sabores "carne louca" e "torresmo"), fui vilipendiado em meus critérios degustativos?

Um dos nobres chefes saiu-se com essa, rindo: "Você perdeu moral como apreciador de cervejas; soube que você toma Fanta Uva!" Desnecessário dizer que a polêmica foi criada: logo havia pessoas dizendo que detestavam, outras que gostavam muito. Eu gosto, e acho que, se fosse tão ruim, não fabricariam mais: lógica de mercado. Recebi como réplica o argumento de que uma gringa que veio fazer uns serviços no trabalho nunca tinha provado o refri, que é roxo e deixa espuma azul no copo. Quando provou, disse que tinha gosto de chiclete.

Retomei a bola e parti para o contra-ataque: tudo bem, pode até ter, mas o Guaraná Jesus também tem gosto de chiclete e é bom. Foi como jogar gasolina na conversa, já que, diante das primeiras críticas ao nobre refri maranhense uma moça que é daquele Estado passou a defendê-lo com unhas e dentes, dizendo que tinha gosto de infância e recebendo um "não da infância de quem não nasceu no Maranhão".

Foi justamente ela que trouxe umas latas para o serviço um dia, quando eu encontrei Jesus (literalmente rs). Tem um p... gosto de Bubaloo e um nome bizarro: "Sonho cor-de-rosa". Sempre que ouço, lembro do caso em que um indivíduo foi até a rodoviária de uma cidade do interior paulista e serviu uma bebida azulada para moradores de rua. Quando perguntaram o que era, o maníaco respondeu: "É azulzinho do céu". Mandou meia dúzia para o hospital: era veneno. Após a intervenção bizarra, outro argumento: o Jesus é o único refrigerante local que bate a Coca-cola e seus produtos. Logo, alguma coisa deve ter para ser tão vendido.

Acho engraçado quando as pessoas torcem o nariz para refrigerantes diferentes. No fundo, são todos iguais, é uma questão de costume com bizarrices como espuma colorida e cores sinistras, como cor-de-rosa e cor-de-bílis, caso da Inca Cola, campeã de vendas no Peru (e boa, por sinal). Ou será que quando guaraná e Coca-cola surgiram também não havia essa resistência das pessoas? Outro argumento razoavelmente esfarrapado é que você não pode distinguir coisas boas se não provar porcarias também (onde ficam os parâmetros?) Além disso, Fanta Uva não é o refri mais bizarro do mundo: outro dia tomei um chamado Blu, que deixa a língua azul e tem gosto de xarope. É mole?

Aí entram aquelas lendas urbanas ridículas (ou será que não são?). Recebi uma delas: Fanta Uva causa falência renal e câncer no reto. E, por isso, tinham sumido com a propaganda dela. Só que fui pesquisar e achei o mesmo texto relacionado ao guaraná Kuat e ao Dolly também. Lógico que refrigerante não deve fazer nada bem ao organismo, mas querer transformar um em boda expiatório é chutar o balde. Há outras correntes interessantes, como a que diz que, se você colocar um dente em uma garrafa de Coca-cola, ele some em uma semana, por causa do ácido cítrico no refri. Nunca conferi, mas se achar uns dentes perdidos por aí, vou tentar (rs).

Cotação: três copos de Fanta Uva a cada sexta de pizza e três sinais-da-cruz para o Guaraná Jesus evitar que o maníaco do "azulzinho do céu" dê de cara com a gente (rs). E ainda quatro e meio para a já tradicionalíssima rima popular relacionando o consumo de Fanta a algo que levanta, algo a ver com poderes afrodisíacos do refri.

Som do post: "Eu Bebo Sim", Monobloco.

Link: http://musica.busca.uol.com.br/radio/index.php?busca=eu+bebo+sim&param1=homebusca&check=musica



Escrito por Bob às 01h47
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Coleções e miniaturas, Política


HISTÓRICO
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005



OUTROS SITES
 Associação dos Cervejeiros Artesanais Cariocas - AcervaCarioca
 Associação de Incentivo à Cultura de Cervejas Artesanais e Especiais - AICCA
 Botto Bier
 Cerveja Fraga
 Bytes and Beer
 Cerveja Só
 Dana Bier
 Edu Passarelli Recomenda
 Hummmm, Cerveja!!!!!
 Obiercevando
 Olavo Pascucci (atenção: linguagem assaz obscena)