Latinhas do Bob
  

Polar (BRA, 350ml)

Já faz um tempo que comprei essa latinha, no final de 2004, quando viajei para a região das Missões, no Rio Grande do Sul e, na volta, passei por Bento Gonçalves. A cerveja, pelo que me lembro, é boa, sem ser espetacular. Mas o que chama a atenção é o bairrismo em torno dela. Ou, pelo menos, nas propagandas. O mote principal da campanha da cerveja é "no export", ou seja, nada de exportação para fora do território gaúcho. Não se entra no site sem assinar, sendo do Rio Grande ou não. É algo interessante, no momento em que as cervejarias - incluindo a que detém os direitos da Polar - entopem o País todo com seus produtos. Já disse que, em Santa Catarina, encontrei toda sorte de porcarias feitas em São Paulo. Bem que o bairrismo poderia funcionar nesses casos também. Pelo menos não seríamos acusados, um dia, de empestear o mercado com cerva barata e ruim.

Outra coisa interessante é o movimento que está se formando, a exemplo de Bento Gonçalves, entre os produtores de cerveja artesanais em Santa Catarina, no sentido de se criar uma rota voltada ao produto por lá. Pena que as fábricas não ficam todas no mesmo lugar, mas são próximas, o que permite pegar um carro e, à la Sideways, conhecer a maioria dos fabricantes. Pelo que soube, também, além da experiência de levar as artesanais à Oktoberfest, agora está sendo elaborado um festival para o início do ano. É uma boa idéia para dar uma força aos pequenos produtores e evitar que todas as cervejas, um dia, fiquem com o mesmo gosto. Boa sorte a idéias como essa.

Cotação: de um a cinco, cinco canecos para a idéia das cervejarias artesanais. E um dedal para quem entope o mercado com cerveja barata e de qualidade duvidosa.

Som do Post: "Saudosa Maloca", de Adoniran Barbosa, pelos Demônios da Garoa.

Link: http://musica.busca.uol.com.br/radio/index.php?busca=saudosa+maloca&param1=homebusca&check=musica



Escrito por Bob às 21h33
[] [envie esta mensagem]


 
  

Bitburger (ALE, 5 litros)

Nada como uma venda encalhada e um produto com prazo de validade para conseguir preços mais camaradas nos dias de hoje. Antes e durante a Copa, esse barril aí em cima custava improváveis R$ 80, ou R$ 16 por litro. Cheguei a comprar uma latinha de 330ml em maio, e achei que não valia o preço. Pois não é que outro dia, após o Mundial e o fiasco do Brasil, achei a mesma latona em "promoção", por R$ 40? Uma queda de 50%, para o hipermercado não ficar com o mico na mão. Mas tinha outro porém: a data de validade era 30 de agosto.

Putz, pensei, pouco tempo para muita cerveja, já considerando também que, uma vez aberta, ela deveria ser consumida de uma vez ou, no máximo, no dia seguinte. Já perdi uma quantidade pequena, mas imperdoável de Paulaner tentando substituir quase todo o sangue do corpo por cerveja, tomando-a de uma vez.

Logo, veio a brilhante idéia: vou levar a latona ao serviço, assim todo mundo bebe, e, com sorte, criaremos uma data comemorativa iixa, a "Festividade de Encerramento de Mais uma Semana de Valorosos Trabalhos Nesse Prestigioso Local". Em palavras mais objetivas, B.R.E.J.A. (Bebedeira Regular e Excessiva, Jamais Admitida). Ridículo? Saiba que coisas como o Dia das Mães foram criadas justamente para desencalhar estoques de venda. Vai ver se outros países têm essa enxurrada de efemérides daqui.

Enfim, levei a latona meio descrente da qualidade pela degustação anterior, e com certo receio pela proximidade da data de vencimento. Já pensou se dá um desarranjo coletivo? "FUNCIONÁRIO CANALHA MANDA COLEGAS PARA O HOSPITAL" seria uma das manchetes mais suaves. Mas deu certo: a cerveja ainda estava boa, o pessoal gostou muito (pelas opiniões, a Bitburger até ganhou alguns décimos na minha avaliação) e a sexta acabou sendo institucionalizada como Dia da Cerveja. Ontem, levei uma La Brunette, da Schmitt, que se juntou a três garrafas de Hops, da Ashby, e um litrão de Norteña. Uma boa idéia para acompanhar a pizza de fim de sexta.

Cotação: de um a cinco, quatro para o convescote cervejístico e um volume de "O Capital" para mercados que querem enfiar a faca na clientela e depois correm com promoções para não tomar prejuízo.



Escrito por Bob às 02h26
[] [envie esta mensagem]


 
  

Isenbeck (ARG, 1L)

Pois é, quem não pode beber Quilmes caça com Isenbeck. Não é nem de longe a melhor cerveja argentina, mas é. por ora, a única disponível por aqui. O que me lembra de "agradecer" todo dia a uma certa multinacional do setor cervejístico por barrar a entrada da Quilmes no país (nos últimos tempos, ainda era possível encontrá-la em alguns restaurantes argentinos, a preços astronômicos; agora, nem isso). Tomara que certos executivos sejam obrigados a tomar alcatrão fervendo em outra existência como punição pelo embargo.

Enfim, andei uns bons quilômetros até a Lapa para conseguir essa cerveja, encontrada pelo Valtinho, colega de trabalho. O lugar é legalzinho, tem muitos vinhos, grappas e algumas cervas. Levei um bom tempo até experimentar a cerveja: achei-a normalzinha, um pouco mais amarga que as brasileiras, mas nada de mais (ô mau hábito criado pelo consumo de ótimas cervejas artesanais, isso vai acabar me falindo). Nada de excepcional.

O mais engraçado é que essa joça de cerveja se intitulou, na copa, "anti-sponsor oficial da seleção" (em tempo, e graças à lembrança de um internauta: SELEÇÃO BRASILEIRA). E ficaram secando o time em todos os jogos. Ridículo, mas não posso me dar ao luxo nem de dizer que é coisa de argentinos, porque a Schin inventou aquela idéia "brilhante" de torcer pela Costa do Marfim, que estava na chave da Argentina. Duas idéias toscas. E olha que a Isenbeck, por mais ordinária que seja, ainda dá de dez na cerveja meia-boca de Itu. Essa rivalidade dos dois países chegou até as baixezas da propaganda de preservativos: uma vez, vi a foto de um anúncio em que o "A" de Argentina estava num canto, na horizontar (imagine aquele "a" redondinho, e depois confira a semelhança), e o "B", de Brasil, estava no outro canto, ao contrário, assemelhando-se a uma bunda.

O bom é que, depois que o Brasil sentou um nabo nos "hermanos", fizeram uma paródia da propaganda, com um "A" bastante flácido, caidão até, e o "B" do Brasil resplandescente. É tão tosco que chega a ser engraçado. Enfim, para mim, no ramo cervejístico, não tem rivalidade: se quiserem encher o país de Quilmes, beleza. Até porque melhoraria o nível das nossas cada vez mais aguadas cervas.

Cotação: de um a cinco, duas empanadas.

Som do Post: Ludov, "Princesa".

Link: http://app.radio.musica.uol.com.br/radiouol/linklista.php?nomeplaylist=008409-8<@>Dois_a_Rodar&opcao=umcd



Escrito por Bob às 02h19
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Coleções e miniaturas, Política


HISTÓRICO
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005



OUTROS SITES
 Associação dos Cervejeiros Artesanais Cariocas - AcervaCarioca
 Associação de Incentivo à Cultura de Cervejas Artesanais e Especiais - AICCA
 Botto Bier
 Cerveja Fraga
 Bytes and Beer
 Cerveja Só
 Dana Bier
 Edu Passarelli Recomenda
 Hummmm, Cerveja!!!!!
 Obiercevando
 Olavo Pascucci (atenção: linguagem assaz obscena)