Latinhas do Bob
  

Krombacher (ALE, 660ml)

Bem, acho que a primeira coisa a fazer é pedir desculpas pelo intervalo sem posts, um tanto extenso, creio, por conta de problemas técnicos com o computador de casa. Por isso, aproveito os últimos minutos do expediente para atualizar este humilde diário. Salvo alguma catástrofe, a Krombacher, essa do rótulo aí em cima, deve começar a ser vendida hoje no circuito comercial. Ela chega ao Brasil com a grife de ser a cerveja mais vendida na Alemanha. Eu, leigo, chutei Erdinger ou Paulaner quando questionado sobre o ranking germânico, mas errei feio: se abundam nas prateleiras por aqui, as duas ficam só no ‘top 10’ por lá, apesar de serem as campeãs de exportação.

 

Pois enfim, provei ela na semana passada, acompanhada de um nada harmônico prato de picanha ao alho. Achei uma pilsen honesta, legal, com amargor bem menos intenso que uma Bitburger, para citar outra cerveja alemã. Tinha aroma e gosto de malte bem perceptíveis, mesmo com aquela alheira toda goela abaixo. E é refrescante. Para quem usa a Pilsner Urquell como padrão, pode não ser a pilsen ideal, mas vale a tentativa. Ainda tenho uma garrafa a provar, agora que não estou mais matando vampiro a grito. Se mudar de opinião, posto aqui.

 

Ainda estou, porém, maravilhado com a Deus, que provei ontem (lembram que eu disse estar aguardando uma data ideal? Pois é). Tratando a cerveja que nem criança recém-nascida, resfriei, coloquei no balde com gelo, abri com cuidado, servi o mais devagar possível, para não transbordar. A cerveja realmente é espetacular: a princípio, um aroma adocicado e um sabor licoroso, de amêndoa, que lembrou um pouco Frangélico, deixando um amargor leve na língua. A espuma, como se espera nas cervejas do tipo champenoise, é abundante, com direito a perlage (aquela correntinha de bolinhas que nasce no fundo do copo e sobe contínua) e é preciso tomar cuidado para não deixa-la transbordar, já que a taça a ser usada é do tipo ‘flute’, daquelas de champanhe.

 

 

Depois de algum tempo, tive a impressão de que o aroma se tornou mais cítrico e, no auge da piração, achei ter sentido até aroma de groselha (mas não estou bem certo quando a este último aspecto). A cor, um dourado claro, vai ficando opaca no final, por conta de sedimentos.

 

Enfim, embora não tenha dotação orçamentária para repetir a experiência tão cedo (estava com essa cerveja há exatamente um ano), achei realmente espetacular. A Deus faz jus ao nome, embora ainda ache que poderia ser um pouquinho mais barata (hoje, custa R$ 199 no mercado). Não deixa de ser irônico que, assim como na vida, no mundo das cervejas Duvel, ou Diabo, seja mais acessível que Deus; afinal, a também belga custa menos de 20 pilas por aí.

 

Cotação: três estacas e meia para a Krombacher e quatro ponto oito santuários para a Deus.  

 

Em tempo: Sem aquela alheira toda, provei novamente a Krombacher no final da semana passada. Vou acrescentar mais zero ponto quatro (ficando três vírgula nove), porque consegui sentir melhor o gosto do malte e um pouco mais de amargor.



Escrito por Bob às 23h19
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Coleções e miniaturas, Política


HISTÓRICO
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 11/06/2006 a 17/06/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005



OUTROS SITES
 Associação dos Cervejeiros Artesanais Cariocas - AcervaCarioca
 Associação de Incentivo à Cultura de Cervejas Artesanais e Especiais - AICCA
 Botto Bier
 Cerveja Fraga
 Bytes and Beer
 Cerveja Só
 Dana Bier
 Edu Passarelli Recomenda
 Hummmm, Cerveja!!!!!
 Obiercevando
 Olavo Pascucci (atenção: linguagem assaz obscena)